."Viver é a coisa mais rara do mundo, a maioria das pessoas apenas existe".Oscar Wilde .
Sábado, 3 de Março de 2007
MotoClubes ?! não, obrigado.

Para fudamentar o que penso actualmente dos motoclubes, é necessario analizar um pouco a sua história.

COMO COMEÇARAM OS MOTO CLUBES? 

Moto clube ao contrário do que os leigos e desinformados pensam não é um grupo de motociclistas que se reúnem para lazer e seus integrantes usam nas costas um logotipo/simbolo por estética!

Moto clubes são associações baseadas na Irmandade e Tradição. Hoje em dia precisamos diferenciar um moto clube das centenas de grupos populares que existem. Podemos citar como exemplo os "caçadores de troféus", ou seja, grupos ou pessoas que vestem colete com logotipo / simbolo  qualquer nas costas sem saber seu real significado apenas para conseguir lembranças em eventos.

Informação histórica do surgimento:

A história do surgimento dos Moto Clubes é de certa forma complexa, pesquisando encontramos informações que associa o surgimento, em parte, ao final da guerra onde ex-militares e pilotos no pós guerra teriam feito da moto o veículo de busca de adrenalina formando diversos grupos como Pissed de Bastardos,13 Rebels e os Yellow Jackets, esses da Califórnia.

 Nessa época já usavam identificação do grupo e mais tarde foram desenvolvendo os logotipos / simbolos  que passaram a defender e adaptavam as regras da hierarquia militar em uma irmandade formada por cargos electivos das associações.

Sabemos que muito antes disto os motociclistas já haviam percebido as vantagens de andar em grupo e já existiam associações que eram entidades sociais de pessoas que andavam de motos. 

Na década de trinta estavam surgindo moto clubes com tendência mais rígida e muitos acontecimentos vieram a expor a imagem do motociclista ao ridículo principalmente pela imprensa sensacionalista da época que acusava os motociclistas de arruaceiros, desordeiros e outros pormenores e, mais tarde, algumas produções Hollywood serviram para incentivar verdadeiros predadores a criarem moto clubes e constituir verdadeiras gangues, o que fez da década de 50, uma página negra na história do motociclismo.

Aí está o porquê do motociclista ainda nos dias de hoje ser muitas vezes taxado como mal elemento, mas isso está mudando, pena que ainda somos confundidos com motoqueiros / motards que aparecem em nossos encontros fazendo arruaças (estouro de escapamento, borrachão com pneu e etc) ou até mesmo promovem encontros que são na verdade feiras comerciais e nada a tem a ver com nossos princípios.

Mais tarde, já na década de 60 os motociclos voltaram a ser tema de Hollywood com Elvis Presley , Roustabout e Steve McQueen com A Grande Fuga, uma série de filmes que chegou ao seu auge com Easy Rider.

Finalmente inicia-se a mudança da imagem do motociclista com o início da fase romântica do motociclismo, que perdurou até o final da década de 70. Este periodo fixou o motociclista como ícone de liberdade e resistência para o sistema.

 A partir da década de 70 viu-se a implantação de diversos moto clubes pelo mundo, a maioria já seguindo o princípio de hierarquia e irmandade. 

 Hoje muita coisa anda desvirtuada, moto clubes são criados a revelia por pessoas que desconhecem a história e sequer sabem o significado de um logotipo / simbolo  e muito menos seguem o princípio de irmandade.

Os moto clubes autênticos são forçados a criar campanhas para evitar abusos e coibir arruaceiros em seus eventos, em contrapartida a cada dia são criados novos eventos que nada têm a ver com as tradições, na verdade são eventos que  enriquecem empresários,que aproveitam da popularidade para atrair admiradores de motos, já que os motociclistas autênticos passam longe...

tags:
publicado por AntonioCasteleiro às 00:01
link do post | comentar | favorito

Este blog é um espaço de análise e opinião. Da minha análise sobre factos e coisas do dia a dia, e da opinião que à cerca delas vou construindo. Sobre o que escrevo, muitos dos que me lerem Estarão de acordo e muitos outros discordarão. Não há mal nenhum nisso. Assim uns e outros saibam Respeitar uma opinião contraria.Antonio Casteleiro

Os Anjos

( filosofia motociclista)

- Esta irmandade tem um código de honra silencioso, quase secreto, que nunca precisou ser escrito, mas quem faz parte dela já nasce sabendo. Este código reza não deixar um irmão na estrada, não conhece o valor do dinheiro e ensina que todo motociclista merece respeito independente da marca ou cilindradada de sua mota. -

( antonio casteleiro )

www.osanjos.net

 

.Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.ultimos 10 posts

. Mundança de endereço WEB

. Finalistas blogs.sapo.pt ...

. Tenhamos paciência...

. Para reflectir / Somos to...

. Lágrimas ... lágrimas ......

. Felicidade ...

. O que nos motiva a ser so...

. Alfabeto do amigo ...

. 1º de Maio - Dia do Traba...

. A pena !

.arquivos
.tags

. concentrações / convivios(9)

. convivios / concentrações(3)

. curiosidades / humor(2)

. curiosidades / humor etc(1)

. e esta!?...hem !!(1)

. historias de motociclistas(1)

. meditação(1)

. opinião(41)

. os anjos(8)

. pensamentos / reflexões(31)

. pensamentos / reflexões / poemas(12)

. politica(7)

. recordações(1)

. reparo(2)

. sim...??!! ou não...??!!(3)

. tome nota(9)

. viagens(2)

. viagens de moto(18)

. todas as tags

.links